Liga das Séries » Arquivos » ‘The Originals’: Daniel Gillies e Joseph Morgan falam sobre o “devastador” reencontro de Klaus e Elijah
52205ceb9863f6e46682ddecd50f
05
maio
2018
‘The Originals’: Daniel Gillies e Joseph Morgan falam sobre o “devastador” reencontro de Klaus e Elijah

The Originals colocou os fãs em uma estrada da memória com um episódio que se concentrou em Elijah (Daniel Gillies) e sua jornada de autodescoberta durante o salto de sete anos entre as temporadas 4 e 5.

Elijah não apenas perdeu as memórias de sua família quando Marcel (Charles Michael Davis) o obrigou a esquecer o “Always and Forever”, ele perdeu todas as suas memórias completamente. Tropeçando pelo mundo com nada além de algumas abotoaduras estampadas de “E” e uma nota dizendo-lhe para não olhar para trás, Elijah tinha que descobrir quem e o que ele era.

Embora fosse obviamente comovente ver Elijah vagar pelo mundo sem a menor ideia de que ele tinha uma família que o amava profundamente, também era um olhar revigorante para quem esse personagem poderia ser sem o peso do mundo em seus ombros.

O site TV Guide falou com Daniel Gillies sobre a elaboração desta nova versão de Elijah e quais elementos do personagem ele decidiu manter e quais descartar.

“Eu apenas tentei largar todos os sentidos. Há algo quase militar sobre Elijah em todos os momentos, sabe? Ele parece um general e um estrategista, e era hora de dispensar isso e explorar o que ele seria se ele fosse apenas um homem”, diz Gillies. “Devo confessar, quando vi o episódio […] foi para mim, de todos os de The Vampire Diaries e de The Originals que vi, foi certamente um dos mais fortes. Foi tão novo. Eu disse a Joseph [Morgan]: ‘Isto parece ser um piloto. Isto parece ser o seu próprio novo programa’. Parecia que um próprio spin-off de certa forma, esse cara descobrindo quem ele poderia ser”.

Eventualmente, Elijah descobriu quem ele era, e não foi muito difícil reunir informações sobre sua terrível família depois disso. A parte surpreendente? Sabendo que sua família estava lá fora, não o fez ansiar por uma reunião. Uma vez que ele conseguiu o escopo completo de quem eles eram, Elijah teve pouco problema em decidir que estava melhor sem eles.

Claro, tomar essa decisão foi a deixa perfeita para Klaus (Morgan) aparecer na esperança de se reconectar. Enquanto a cena da reunião em que Elijah desiste e ataca Klaus por tudo que ele fez pode ter sido duro para os espectadores, Gillies diz que fazia todo o sentido para esse novo homem que Elijah se afastasse do nome da família Mikaelson para sempre.

“Acho que qualquer pessoa com bom senso diria que o problema, a complexidade e o núcleo do personagem de Elijah é que ele tem essa falha cardinal, que é que ele ama essa pessoa que é atroz com todos e é imperdoável demais para todo mundo. Sempre. É o que eu amava e odiava sobre Elijah”, diz Gillies. “Quão absurdo seria jurar fidelidade àquele monstro? Ele é apenas um monstro completamente irremediável, e a família também é. A única maneira de sobreviver sempre é ser monstros, então é compreensível dentro do universo. Mas é claro que ele disse essas coisas. Para mim, foi menos doloroso e mais óbvio”.

Quando você olha para ele sem a perspectiva de Elijah, o amnésico, faz todo sentido. Evitar um grupo de monstros sedentos de sangue que fizeram o seu passado miserável parece ser o certo.

Da perspectiva de Klaus, porém, foi um golpe esmagador para a pequena fração de esperança que ele tinha de que seu irmão ainda estivesse lá em algum lugar. “Isso matou completamente essa esperança”, diz Morgan ao TV Guide. “Eu diria que [Elijah] deixou Klaus devastado… Essa emoção e essa decisão são levadas adiante nos episódios futuros. Para Klaus ter alguma chance de paz ou algum tipo de final feliz, ele precisa de seu irmão ao seu lado para isso. Então, essa será uma grande parte de sua motivação para avançar.”

Eventualmente, sabemos que Elijah terá que se reunir com o resto de sua família. Afinal de contas, o trailer da 5ª Temporada mostrou algumas coisas estranhas do Hollow com todos os quatro irmãos juntos novamente. Quando eles voltam cara a cara novamente, Gillies diz que será uma reunião igualmente tensa – por todos os lados.

“Claro que haverá dificuldades”, diz Gillies. “Há uma quantidade estranha de punição que vai chegar no caminho de Elijah, considerando o que ele fez e o que ele não conseguia lembrar.”

Leia também