Liga das Séries » Arquivos » Saber da morte de Jon Snow destruiria Sam, diz John Bradley
Game of Thrones,Series 5,Episode 9,Dance of Dragons,Sky Atlantic.

Bradley, John;Harington, Kit as Samwell Tarly;Jon Snow
24
abr
2016
Saber da morte de Jon Snow destruiria Sam, diz John Bradley

Se alguma vez uma criança viveu no oblivion, John Bradley diz que Samwell Tarly é essa criança. Sam, que no final da 5ª temporada deixou a Muralha com Gilly e seu filho recém-nascido pouco antes do atentado fatal contra Jon Snow, não tem ideia de que seu melhor amigo foi morto – e Bradley afirma que é melhor assim.

“Sam chegou, ao longo da 5ª temporada, a um ponto onde ele é muito confiante”, Bradley disse ao TVLine. “Ele tinha esse objetivo… onde ele só queria Jon chegasse ao poder para que ele pudesse conseguir o seu caminho para fora do Castelo Negro com o bebê Sam e Gilly. Ele conseguiu isso.”

Mas se Sam soubesse que Jon foi assassinado pouco tempo depois dele sair, “ele se culparia. Ele pensaria: ‘Talvez se eu estivesse lá, eu poderia ter feito algo para ajudar. Talvez eu poderia ter impedido. Ele se encheria com essa culpa, porque é isso que ele tem feito toda a sua vida.”

Bradley diz que a baixa auto-estima de seu alter ego ficou diminuiu durante seu tempo na Patrulha da Noite – o seu status de um dos poucos capazes de matar um caminhante branco ajudou – mas Sam, em seu coração, é “fundamentalmente uma pessoa fraca.”

Então ele está bem com a noção de Sam estar longe, estudando para substituir Meistre Aemon e ajudando com a segurança de Gilly e do bebê, o tempo todo acreditando que Jon Snow permanece sendo o Senhor Comandante da Patrulha da Noite.

“Eu acho que é melhor se ele não descobrir”, diz ele. “Porque destruiria cada ponta de confiança que ele teve permissão para construir.”

Leia também



Parceiros