Liga das Séries » Arquivos » Julie Plec revela qual personagem era originalmente uma succubus na 1ª temporada de The Vampire Diaries
The Vampire Diaries TV series starring Nina Dobrev, Paul Wesley, Ian Somerhalder, Steven R. McQueen, Kat Graham, Candice Accola, Zach Roerig, Michael Trevino, Matthew Davis, Joseph Morgan and Sara Canning - dvdbash.wordpress.com
05
dez
2016
Julie Plec revela qual personagem era originalmente uma succubus na 1ª temporada de The Vampire Diaries

Existem algumas coisas que sabemos sem dúvida quando se trata de The Vampire Diaries: Stefan e Damon farão qualquer coisa um pelo outro; Mystic Falls é agora uma das cidades mais tristes do mundo inteiro; e Matt Donovan é humano.

Depois de quase oito anos, Matt Donovan de alguma forma conseguiu escapar da vida sobrenatural. Claro, ele morreu. E sim, ele teve sangue de vampiro em seu sistema – que até aconteceu recentemente – mas através de tudo isso, a humanidade de Matt tem sido um componente-chave para este mundo.

Mas acontece que, originalmente, Donovan ia ter uma conexão familiar com o sobrenatural. “Na primeira temporada, passamos muito tempo tentando explorar os limites do sobrenatural que queríamos obter”, showrunner Julie Plec diz ao EW. “Uma das primeiras coisas que fizemos foi fazer a grande revelação de que Kelly Donovan era uma succubus, ou seja, quando você beija alguém, você literalmente suga a vida deles”.

Para aqueles que precisam de um lembrete: Kelly Donovan (interpretada por Melinda Clarke) é mãe de Matt, que apareceu na primeira temporada, ficou brevemente com Damon, e depois deixou a cidade. Então, por que essa explicação não vingou? Resumindo, as coisas estavam ficando muito obscuras muito rápido.

“Filmamos uma grande cena com ela sugando a vida de alguém e se juntando com Damon e tudo e então nós pensamos: ‘Oh meu Deus, onde diabos nós vamos com isso? E se esta é a primeira temporada e nós estamos indo por este caminho, então o que outros demônios, etc, vamos explorar?’ Nós ficamos com um pé atrás, com razão, e nós deixamos pra lá e, portanto, nunca realmente seguimos essa história”, diz Plec.

E, de fato, levou sete anos para mostrar esse caminho escuro quando decidiram que a vilã da temporada final seria uma sereia. “Nós tivemos que dar uma resposta para o que está no cofre e nós soubemos que queríamos que fosse uma criatura porque nós realmente não tivemos nunca esse caminho”, diz Plec. “Mas nós ainda queríamos fundamentá-lo em algo humano, então começamos a falar sobre diferentes ideias sobre o que essa criatura poderia ser e como ela poderia se transformar em um humano. E então começamos a falar sobre a lenda das sereias e como elas eram psíquicas. Nós conversamos sobre a bruxa original, mas nunca voltamos às origens da feitiçaria em geral, que começou com uma simples energia psíquica. Tudo se uniu quando começamos a explorar as imagens da mitologia grega e, também, o folclore vampírico cedo apontaria as sereias como vampiras porque eram criaturas carnívoras e sugadoras de sangue”.

Assim, embora Kelly Donovan nunca tenha chegado a ser uma succubus, a ideia de uma criatura demoníaca finalmente voltou. Mas quanto a Matt, ele ainda é tão humano como pode ser.

Leia também



Parceiros