Liga das Séries » Arquivos » Jane the Virgin: Showrunner fala sobre a “emocional” midseason premiere
jane the virgin
23
jan
2016
Jane the Virgin: Showrunner fala sobre a “emocional” midseason premiere

A vida de Jane nunca foi fácil, mas na midseason premiere da 2ª temporada, e segundo o EW, as coisas ficam um pouco mais loucas quando a nossa heroína enfrenta uma das mais severas condições de uma nova mãe: a privação de sono.

“Ela irá passar por um treinamento de sono”, explica a criadora da série, Jennie Snyder Urman, que admite que o enredo imita sua própria experiência. “Mas porque é Jane, ela experimenta o realismo mágico de tudo em uma cena que conecta uma sessão de treinamento sono de basquete com alguns locutores de centro de sono.”

No entanto, Jane (Gina Rodriguez) tem mais do que olheiras e sonhos loucos para se preocupar. Há a questão de algumas notícias da família que emergem quando a estrela Rita Moreno retorna como a mãe de Rogelio (Jaime Camil). A grande revelação? Seu marido a deixou por um homem, e o anúncio vem como um choque enorme para Rogelio.

“Não é a história de seu pai ‘saindo do armário’ que é doloroso para ele, é o fato de que o casamento de seus pais está se desintegrando e ele não sabia que nada disso estava acontecendo”, diz Urman. “Então, ele tem coisas emocionais para desempacotar, e assim faz Rita.”

Isso não quer dizer que o drama está ocupando toda a atenção de Rogelio. Na verdade, ele está definido para estrelar uma novela, que vai contar com ele como um sapateiro pobre no século 19 que descobre um portal do tempo que o transporta para “muitos momentos históricos importantes”, diz ela.

“Você vai aprender que, eventualmente, ele foi o primeiro feminista masculino e ele não sente que os homens feministas tiveram bastante crédito por suas contribuições”, diz Urman, rindo. “Há alguns lugares surpreendentes, e que nos liga às nossas histórias e temas de uma forma que é muito divertido.”

E há uma abundância de outras voltas e reviravoltas nesta temporada: Luisa (Yara Martinez) vai encontrar respostas depois de encontrar sua mãe (Mutter!), e Petra (Yael Grobglas) continuará a sofrer durante a gravidez.

“A maioria dos gêmeos chegam cedo, mas não os de Petra”, diz Urman. “Ela vai ficar grávida por tanto tempo quanto possível e vai dar à luz no episódio 14.”

Há também a questão de vida amorosa de Jane. Com o Dia dos Namorados chegando, será que Jane irá se decidir nesta temporada?

“Ainda teremos um casamento”, diz ela. “No próximo par de episódios as coisas vão encaixar.”

Embora Urman se recuse a revelar se o professor Chavez (o ator convidado Adam Rodriguez) surge como um pretendente em potencial – “Tudo o que eu vou dizer é que seu relacionamento se desenvolve” – ​​ela diz ainda que há uma possibilidade de um enredo de inspiração em El Chapo na série.

“Eu estava editando o episódio 10, enquanto tudo isso foi acontecendo, então você verá uma pequena conexão com eventos atuais”, diz Urman sobre o tema. “E eu acho que mais tarde nós vamos definitivamente ver de mais perto de alguma forma.”

E não descartamos a possibilidade de que a atriz Kate del Castillo – que ajudou a coordenar a entrevista de El Chapo com Sean Penn – poderia voltar para o show de uma forma que poderia fazer referência a suas atividades da vida real.

“Ela tem uma presença fora da câmera no episódio 12”, diz Urman. “Mas nós adoraríamos tê-la de volta e fazer algo maior.”

Jane the Virgin retorna com novos episódios nesta segunda-feira, dia 25 de janeiro, na CW.

Leia também



Parceiros