Liga das Séries » Arquivos » Greg Nicotero diz que a premiere da 7ª temporada de TWD é o “episódio mais emocional” que ele já filmou
A morte da finale de TWD ainda não foi filmada
05
out
2016
Greg Nicotero diz que a premiere da 7ª temporada de TWD é o “episódio mais emocional” que ele já filmou

O elenco de The Walking Dead teve um tempo difícil filmando a emocional finale da 6ª temporada. Bem, a julgar pelo que o elenco e a equipe tem dito sobre a forma como as coisas estarão na próxima temporada, a finale pode parecer arco-íris e unicórnios em comparação. Jeffrey Dean Morgan disse que filmar a estreia equivalia a “10 dias de inferno” por causa do assunto intenso, e agora o homem que dirigiu o episódio – Greg Nicotero – tem algo a dizer também.

Leia mais para saber o que esperar quando a série voltar, incluindo alguns teases que vamos ver ainda mais do que o que acontece nos quadrinhos. Confira:

Você e o showrunner Scott Gimple foram claros que vocês sabem que precisam mostrar algo muito bom na premiere para fazer o cliffhanger da finale da 6ª temporada valer a pena, então o que vocês estão pensando em mostrar episódio 7×01?

Greg Nicotero: Bem, eu posso dizer que como diretor, foi de longe o episódio mais emocional que eu já filmei. Onde deixamos esses personagens no final da temporada 6 é, seu mundo literalmente se tornou cada vez menor e os prendeu, e agora eles estão em uma situação que nunca estiveram antes, onde a cavalaria não está vindo salvá-los. Carol não vai aparecer e explodir o tanque de Terminus. Essas coisas não vão acontecer, e é apenas devastador.

Então, sabendo disso e estando nesta situação, esses atores que são esses artistas fantásticos, levaram-nos a alguns lugares muito profundos e escuros, e foi intenso. Foi desconfortável, e foi cru, e a emoção foi real. E ter que filmes, 2, 3, 4 cenas e assistir essas pessoas apenas em pura agonia não foi uma experiência agradável. Mas é aí que eles precisavam expor a emoção. Portanto, foi um muito intenso…

Isso deve ter feito uma vibe muito diferente em termos de todos que se reúnem no início de uma nova temporada.

É engraçado, a cada temporada que aparece e todos – Andy, Norman, e Steven, e Lauren – todos nós estamos tipo “Ok, cara.” Andy tem uma grande expressão, é tipo, “Vamos pegar esse porco”, porque uma temporada tivemos porcos que se soltaram em torno da prisão, e tivemos essa coisa toda acontecendo que foi muito engraçada. Então a expressão favorita de Andy é: “Tudo bem, galera, vamos ficar juntos e pegar este porco”, que é a sua maneira de reunir as tropas.

Foi diferente este ano, porque sabíamos que estávamos pulando em lugar frio muito profundo. Por isso, foi uma emoção diferente no set, e foi realmente um desafio, e foi difícil. E os primeiros episódios são um pouco implacáveis nesse tipo de lugar escuro que eles realmente não querem ir, mas vamos levá-los lá.

Quanto a mais daquela cena vamos ver, chegamos até um ponto e nós vimos tudo do ponto de vista da vítima. Eu tenho que saber que há mais para ver.

Sim, sem dúvida. E há alguma grande drama que decorre naquele exato momento. Sem dar spoiler, é ainda mais do que na história em quadrinhos, porque na história em quadrinhos é muito abrupto, e acabou, e há um pouco de “Ok, eu vejo vocês em uma semana.” Há mais do que isso.

Leia também



Parceiros