Liga das Séries » Arquivos » A jornada de Hayley, uma Hope mais velha, o futuro de Haylijah e mais spoilers da 4ª temporada de The Originals
5ª temporada será a última para The Originals
23
jul
2016
A jornada de Hayley, uma Hope mais velha, o futuro de Haylijah e mais spoilers da 4ª temporada de The Originals

O elenco de bruxas, vampiros e híbridos esteve na Comic Con de San Diego neste sábado (23) para falar sobre a próxima 4ª temporada de The Originals.

Joseph Morgan, Daniel Gillies, Phoebe Tonkin, Charles Michael Davis, Yusuf Gatewood e Riley Voelkel – junto com os produtores executivos Julie Plec e Michael Narducci – estavam todos na mão para falar sobre o que stá por vir quando a série retornar na midseason da CW. Confira:

  • Um vídeo curto confirmou o salto de tempo prolongado, e terminou com Hope perguntando – sim, perguntando, ou seja, ela está falando! – a Hayley, se eles vão salvar o pai dela. Narducci mais tarde confirmou o salto no tempo de cinco anos.
  • “Ela tinha dois anos… e ela é agora um pequena pessoa”, disse Narducci. “Ela tem o diálogo e esperanças e sonhos, e ela sente falta de seu pai e entende que sua família tem sofrido uma grande perda… Hayley é uma ótima mãe.”
  • “Quando conhecemos Hayley, tudo o que ela sempre quis foi uma família”, Tonkin reconhe. “Através dos eventos que aconteceram, ela criou uma família sozinha com sua filha. Eu não acho que ela se sente sozinha – um, porque ela tem cinco corpos na parte de trás de seu carro. E porque ela tem um propósito, um propósito orientado a família.”
    * A jornada de Hayley para salvar a todos exigirá “localizar os sete clãs de lobisomem… então ela tem uma viagem muito difícil à sua frente”, disse Narducci. “Ela tem que explorar o lado lobisomem que vai ligá-la a esses clãs.”
  • “Eu não acho que Marcel é um vilão”, disse Narducci. “Eu não acho que ele está errado… Nós teremos que ver se há alguma coisa no mundo que pode ser capaz de consertar as coisas.”
  • Vamos “absolutamente” aprender mais sobre o passado de Vincent, Narducci confirmou.
  • “Com Hayley e Elijah, achamos que eles tinham que dançar em torno de si logo no início, em seguida, tornar-se terrivelmente separados, emocionalmente e fisicamente”, disse Plec. “Sabendo que esta família iria ficar separada nos próximos cinco anos, dar-lhes a oportunidade de [se reunir mais uma vez] parecia certo… O tempo dirá o quanto a felicidade que eles são capazes de ter. Ou não ter.”
    * “Foi emocionante”, disse Morgan de sua filmagem final com Leah Pipes. “Ela tinha sido uma parte do show por três anos. Foi surreal, apesar de tudo. Até que ela se foi, eu não admitia que ela estava indo.”
  • Sobre o porquê as mortes de Cami e Davina eram necessárias: “É uma coisa difícil de explicar”, Plec começou. “Você começa a sentir uma redundância de heróis. Se você continuar a descer uma certa história, você vai acabar levando as pessoas em uma direção que vai isolá-los. Você tem vontade de misturar as coisas e para tornar as coisas muito trágicas… de modo que você sempre pode se sentir fresco, e você não tem nove pessoas contando a mesma história… Nós tínhamos que puxar a família para perto tanto quanto possível, e extirpar alguns dos personagens que possam ser incompatíveis com [esse plano].”

Leia também



Parceiros