Liga das Séries » Arquivos » 3 razões pelas quais não importa quem é a vítima de Negan na 7ª temporada de The Walking Dead
A morte da finale de TWD ainda não foi filmada
04
jul
2016
3 razões pelas quais não importa quem é a vítima de Negan na 7ª temporada de The Walking Dead

Negan (Jeffrey Dean Morgan) matou alguém na finale da sexta temporada de The Walking Dead, mas exatamente quem ele bateu até a morte com seu bastão de arame farpado chamado Lucille permanece um mistério. E, finalmente, não importa quem tenha morrido, esta será a morte mais violenta da série até agora.

A temporada cheia de ação terminou com Carl (Chandler Riggs), Rick (Andrew Lincoln), Michonne (Danai Gurira), Eugene (Josh McDermitt), Maggie (Lauren Cohan), Sasha (Sonequa Martin-Green), Daryl (Norman Reedus ), Aaron (Ross Marquand), Rosita (Christian Serratos), Abraham (Michael Cudlitz) e Glenn (Steven Yeun) todos alinhados e ajoelhados perante Negan. Ao invés de revelar quem foi espancado até a morte, a série mudou seu ponto de vista para o da vítima enquanto o sangue escorria na tela.

Com alguns fãs usando drones em uma tentativa de pegar um vislumbre das filmagens e descobrir o resultado do maior suspense desde a morte aparente de Jon Snow em Game of Thrones, um site norte-americano examinou porque a identidade de vítima de Negan é irrelevante a longo prazo.

O resultado final é o mesmo.

Não importa que morre – o criador e produtor executivo Robert Kirkman disse que vítima de Negan é “amada por todos” – a morte vai afetar cada um dos sobreviventes de uma maneira fundamental e profunda.

“Sabendo o fato de que qualquer morte muda nossos personagens e muda o nosso público de uma forma muito dramática, o que é interessante sobre a sétima temporada é como uma morte – qualquer morte – muda as pessoas e nos impulsiona em uma direção diferente”, o produtor executivo Greg Nicotero disse, depois de revelar que a cena da morte ainda não tinha sido filmada.

Além disso, Maggie ficará especialmente arrasada se Glenn fizer jus ao seu destino dos quadrinhos (o ex-entregador de pizza conheceu Lucille na edição 100 dos quadrinhos), mas o assassinato angustiante será incrivelmente impactante, não importa quem seja o vencedor do versão distorcida da Negan de “uni, duni, tê”.

Todo mundo vai morrer um dia.

Kirkman deixou claro que ninguém no show está seguro para sempre, incluindo o protagonista Rick e o favorito dos fãs Daryl.

Apesar das declarações dos fãs de “se Daryl morrer, nós paramos de assistir”, mesmo Reedus está ciente de seu personagem – que foi baleado no penúltimo episódio da sexta temporada – não pode viver para sempre. Ele alertou os fãs de “estar muito preocupado com Daryl” daqui para frente, e, quando questionado sobre a eventual morte dele, ele disse: “Eu não acho que eu nunca vou ser feliz com essa decisão. Como cada personagem nesta série, há sempre mais história para contar.”

Uma vez que todos, em última análise, estão dirigindo-se para o mesmo destino terrível, alguns personagens são obrigados a se curvar mais cedo do que outros – como Andrea, cujo personagem nos quadrinhos está viva e se tornou

Negan está apenas começando.

Enquanto o primeiro corte é o mais profundo, Negan apenas começou a soltar sua marca particular de estragos em Rick e seu grupo de sobreviventes não tão alegres.

Na verdade, quando perguntado especificamente se poderia haver mais do que uma morte na estreia da sétima temporada, Nicotero disse que “ninguém parecia realmente bem nesses últimos momentos” da temporada (o que era, invariavelmente, um aceno para Maggie, que parecia que poderia perder o bebê).

The Walking Dead esperou anos para introduzir Negan e é improvável que os produtores terão o assassino carismático desempenhando um papel em uma (ou duas) mortes cruciais e acabar com a história – especialmente com o enredo “All Out War” dos quadrinhos.

“Eu sinto que Rick está se saindo muito bem”, disse Morgan, em abril. “Negan tem um monte de história. Vai ser um caminho interessante”, disse Lincoln, “É o território de Negan agora”.

 

A sétima temporada de The Walking Dead estreia em outubro.

Leia também



Parceiros